Guillermo Piernes
GUILLERMO PIERNES

Home
Home

Autor do Site
Autor del Sitio

Crônicas
Crónicas

Contos
Cuentos

Artigos
Artículos

Poemas
Poemas

Escritores e Artistas
Escritores y Artistas

Índice
Índice

Links
Links

Correio dos Leitores
Correo de los Lectores

Guillermo Piernes
GUILLERMO PIERNES
Crônicas
Crónicas
Severo: O anfitrião generoso - Walter Sotomayor

07/01/2022 00:00




Severo: O anfitrião generoso
Por Walter Sotomayor **

Um amigo que partiu e como dizem hoje os meus netos, virou estrelinha, está associado além da amizade que pude compartilhar com ele a uma das experiências inesquecíveis do mundo dos vinhos.

José Antônio Severo, na época diretor da Gazeta Mercantil, preparava uma edição latino-americana bilíngue em formato tabloide. A Gazeta era o jornal brasileiro mais prestigioso da imprensa especializada em economia. Ele convidou Guillermo Piernes e o Guillermo a mim.

Eu tinha conhecido Severo quando dirigiu a sucursal de Brasília e porque, além da amizade com Guillermo, era muito amigo de René Villegas e de Francisco Baker, todos eles haviam trabalhado na agência Latin Reuters. De maneira que fomos juntos a São Paulo para uma permanência de uns quinze dias, indo para o trabalho cedo e voltando no fim do dia ao hotel, em trajetos de uma hora ou mais.

Além das caminhadas matinais com o Guillermo e as longas conversas, passávamos o dia inteiro fazendo o que seria o protótipo dessa nova publicação. Na equipe, além de nós, alguns jornalistas paulistanos, o Enrique Boero Baby, em Buenos Aires, e um designer argentino com sua esposa. Na hora do almoço saímos para algum lugar próximo no Tempra azul de Severo, já que havíamos provado o bandeijão do próprio jornal e, simplesmente estava abaixo da crítica.

Severo conhecia muito bem a cidade e além de papo de primeira, as escolhas do cardápio sempre estiveram além das minhas expectativas. Terminando as duas semanas do frila combinado, Severo nos convidou para um vinho na casa dele. Ele morava com a esposa Celia e a irmã gêmea dela Celma, numa casa muito simpática no meio do Clube Holandês, na Zona Oeste.

Para culminar o período de um processo criativo, a esposa do Severo preparou uma canjiquinha mineira, oferecendo assim algo típico da terra dela, enquanto o marido procurava na adega algo especial. Então ele nos apresentou um vinho francês, um Chateau Margaux, que abriu em seguida e provou com grande desilusão. Eu também provei e concordei com o amigo.

Então ele trouxe uma jarra e verteu todo seu conteúdo nela, quando ainda não se haviam popularizado os decantadores. Esperamos um pouco mais de uma hora e o vinho deixou para trás qualquer impressão desqualificadora. 

Pouco tempo depois descobri que foi uma experiência inesquecível, não só pelo preço, mas pela lembrança da generosa personalidade do anfitrião.

** Walter Sotomayor - Destacado jornalista. Ex assesor do Ministério de Turismo e da Secretaria de Assuntos Estratégicos. 
* Foto Chateau Margaux - divulgação 


[ VOLTAR ]
Textos protegidos por Copyright - Guillermo Piernes 2022