Guillermo Piernes
GUILLERMO PIERNES

Home
Home

Autor do Site
Autor del Sitio

Crônicas
Crónicas

Contos
Cuentos

Artigos
Artículos

Poemas
Poemas

Escritores e Artistas
Escritores y Artistas

Índice
Índice

Links
Links

Correio dos Leitores
Correo de los Lectores

Guillermo Piernes
GUILLERMO PIERNES
Artigos
Artículos
Água mais água - Guillermo Piernes

17/01/2022 00:00




Água mais água

Por Guillermo Piernes**

Para salvar boa parte da Humanidade que é e será ainda mais vítima das mudanças climáticas já iniciadas teria de acontecer uma convergência entre o mercado, a tecnologia e a política, pensa Bill Gates. Realmente seria um milagre gigantesco.

Enquanto esse milagre não chega, a poluição segue envenenando ar e água; a ambição descontrolada impera devastando selvas e aniquilando flora e fauna, as calotas polares continuam derretendo, o assoreamento de rios provoca enchentes sem precedentes, secas e lluvias, calor e frio batem recordes seculares.

Recentemente assisti a uma palestra do ex Secretário General da Organização dos Estados Americanos (OEA), o embaixador brasileiro João Clemente Baena Soares, especificamente sobre a crescente falta de água boa para milhões e milhões em todo o planeta.

Com sua enorme bagagem de conhecimento e experiência, o grande diplomata previu que "vamos ter uma guerra da água no lugar da guerra do petróleo" de não serem tomadas medidas, rápidas e concretas para evitar o pior.

Baena Soares, perante de uma plateia de novos e experientes diplomatas brasileiros afirmou que a "água não pode ser privatizada", destacando que uma das razões da guerra entre Israel e os países árabes foi devida a utilização do Rio Jordão, "na realidade um filete de água".

Hoje 23 países possuem duas terceiras parte do total da água de um total de 193 países membros das Nações Unidas.
Pela América do Sul, teoricamente deveríamos ficar a margem da tensão pela disputa pela água. Sim teoricamente. A realidade é diferente. Por exemplo, hoje Brasil produz 20% dos alimentos do mundo e 19 milhões de brasileiros passam fome diariamente. 
Voltemos a mergulhar no tema água. O aquífero Alter do Chão, em áreas dos estados de Amazonas, Pará e Amapá, é o maior do mundo, segundo descobertas cientificas recentes, superando ao aquífero Guarani.
O aquífero Guarani, que dividem Brasil, Argentina e Paraguai possui uma área de 1,2 milhões de km². com cerca de 45 mil km³ de água. Já o Alter do Chão possui pouco mais de 400 mil km² de área com 86 mil km³ de água, o que daria para abastecer toda a população mundial durante cerca de 250 anos. Isso também teoricamente.

O Instituto de Economía y Paz (IEP), com sede na Australia, advertiu sobre o deslocamento masivo de 1,2 bilhões de pessoas no mundo todo até 2050 devido as crises climáticas.  O estudo do IEP calcula que 2,6 bilhões de pessoas no mundo sofrem estresse hídrico na atualidade, um número que deverá aumentar para 5,4 bilhões de pessoas em  2040. 
Na realidade se espera que dezenas de milhões deverão abandonar seus lares por falta de água nas próximas décadas, muitos morrerão de sede, guerras serão iniciadas, salvo a união do mercado-tecnologia-politica imaginada por Bill Gates ou que aconteça o milagre onde imperem a justiça, a ciência e fraternidade.

** Guillermo Piernes - Jornalista, escritor e palestrante. 
*Imagem FB Marcos Garzón


[ VOLTAR ]
Textos protegidos por Copyright - Guillermo Piernes 2022