Guillermo Piernes
GUILLERMO PIERNES

Home
Home

Autor do Site
Autor del Sitio

Crônicas
Crónicas

Contos e Poemas
Cuentos y poemas

Artigos
Artículos

Escritores e Artistas
Escritores y Artistas

Índice
Índice

Links
Links

Contato
Contacto

Correio dos Leitores
Correo de los Lectores

Guillermo Piernes
GUILLERMO PIERNES
Contos e Poemas
Cuentos y Poemas
Intensa (Poema) - Patricia Sopranzetti

11/07/2020




Intensa

Por Patricia Sopranzetti **
Seus olhos serenos, discretamente verdes,
Seguem me protegendo, transcendendo a morte.

Você foi atrás do arco-íris uma manhã.
Fiquei me convencendo que você tinha de ir.

Depois de tantos anos levando-me a sua beira
Eu tropeço e afundo perante toda quimera.

Faço tanto esforço para aceitar sua ausência,
Para ter a minha conquista, para vencer a aposta.

E outro dia amanhece e volto a estar alegre
Tenho tantos amores, a vida está de festa!

E me convida outra taça
Brindo por você com ela ...

E brindo por meus logros e volto a me ver bela
Com toda a louca energia que me completa
Bato em cada curva, corto o ar nas retas.
Jogo-me na vida domando minhas penas.

E levanto minha taça
Aqui está você com ela ....

A alcoólatra que nasce lentamente na minha veia,
É uma Fénix sem penas que a cinzas deixa.

Espero amadurar, quando possa.
Vou crua pela vida abrindo trilha

Pego consistência no sol que me bronzeia
Centrada, com calma, para uma cocção lenta.

Você me ensinou tudo. Prendi-te nas entranhas
Você saiu uma manhã deixando terra rasa.

Mas somente os medos param de usar lentes
e a dor acomoda-se com esperança, aos golpes,
Vejo que me deixaste cheia de luz a alma
e milhares de sinais, e todas as palavras.
E a fé imutável que eu sei como usá-las
** Patricia Sopranzetti: Rendeira de sonhos
Crédito Imagem: Museu de Louvre


[ VOLTAR ]
Textos protegidos por Copyright - Guillermo Piernes 2020